quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Como você vem amando?




Se eu fosse explicar o amor, diria que ele é uma menina de pele e olhos claros, inocente, com sinceridade no olhar. Com os pés no chão, cabeça na lua, e os braços a apontar estrelas. O amor é como um sonho infantil, é mágico, sem limites, sem fronteiras, exagerado! Para ser amor, tem que ser, hiper-duper-mega-ultra exagerado. De fazer a mão suar, o coração bater forte, os olhos brilharem. E como brilham! De fazer você sonhar acordado e não dizer uma palavra se quer que seja aproveitável. Sim, você vira um bobalhão! E quanto mais luta contra, mais bobalhão vai ficando. Ah! Deixa disso, sejamos mais bobalhões e vamos aproveitar a mágica de tudo isso, antes que alguém apareça e nos avise que nós crescemos, aí pensamos mais em dinheiro, estabilidade, racionalizamos tudo. Aí aquela doce menina se transforma numa velha rabugenta que nos diz “não vai dar certo”, “ela é muito nova pra você” ou “vocês ganham muito mal, não casem ainda”. Você acredita e envelhece. A sua idade depende da forma com a qual você ama, e não do calendário. Será você uma menina ou já és uma velha? Como você vem amando?

2 comentários:

  1. Vamos ser bobalhões e aproveitar a mágica disso tudo!!!!O importante é ser feliz!!!!!Pense nisso!!

    ResponderExcluir
  2. Sou uma menina bobalhona. Siempre.

    ResponderExcluir